Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Revista Tecer é indexada em Psicologia pela CAPES com nível B3

Revista Tecer é indexada em Psicologia pela CAPES com nível B3

Publicação interdisciplinar amplia seu alcance na área da saúde coletiva
Revista Tecer é indexada em Psicologia pela CAPES com nível B3

A Revista Tecer, publicação científica interdisciplinar editada pelo Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, acaba de ser indexada na área da Psicologia. O reconhecimento ocorreu na última avaliação feita pelo Webqualis da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), que classificou o periódico com o nível B3.

A publicação já englobava áreas como Administração (nível B3), Comunicação (nível B4), Planejamento Urbano e Ambiental (nível B5), História (nível B5), entre outras. Agora, a revista também está qualificada para acolher trabalhos no campo da Psicologia, fato que fortalece sua vocação interdisciplinar e amplia sua atuação nas Ciências da Saúde.

De acordo com o professor José Aparecido, editor da Revista Tecer, a busca por melhorias do periódico são permanentes. “Os esforços para que a publicação atinja os índices de reconhecimento e solidez são contínuos. Nosso objetivo é indexá-la nos repositórios, fortalecendo os critérios de avaliação e, sobretudo, atraindo pesquisadores interessados”, explica.

A Revista Tecer é editada semestralmente pelo Izabela Hendrix desde 2008. Os artigos da publicação são registrados no certificado digital DOI (Digital Object Identifier), que indexa conteúdos e faz referências cruzadas por meio de links no ambiente digital. Além disso, os textos também são hospedados na base de dados do DOAJ (Directory of Open Acess Journals) e Sumarios.org.

Qualis CAPES

O nível B3 sinaliza o fortalecimento da Revista Tecer e a qualidade dos trabalhos publicados após a contribuição dos avaliadores. O Qualis, sistema de classificação de periódicos da CAPES, disponibiliza uma lista com a categorização de diversas publicações científicas em escala que vai de C a A1 (C, B5, B4, B3, B2, B1, A2, A1). Quanto mais próximo de A1, melhor o conceito.