Você está aqui: Página Inicial / Relações Internacionais / PEC-G

PEC-G

O Instituto Metodista Izabela Hendrix (IMIH) está filiado ao programa PEC – G desde 2006 e tem recebido estudantes de várias partes do mundo. O PEC – G é um programa do Governo Brasileiro, em parceria com outros Governos, para intercâmbio receptivo. Estudantes de outros países são recebidos em Instituições Brasileiras, com subsídio de suas despesas.
O Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G) oferece oportunidades de formação superior a cidadãos de países em desenvolvimento com os quais o Brasil mantém acordos educacionais e culturais. Desenvolvido pelos ministérios das Relações Exteriores e da Educação, em parceria com universidades públicas - federais e estaduais - e particulares, o PEC-G seleciona estrangeiros, entre 18 e 25 anos, com ensino médio completo, para realizar estudos de graduação no país.

O aluno estrangeiro selecionado cursa gratuitamente a graduação. Em contrapartida, deve atender a alguns critérios; entre eles, provar que é capaz de custear suas despesas no Brasil, ter certificado de conclusão do ensino médio ou curso equivalente e proficiência em língua portuguesa, no caso dos alunos de nações fora da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

São selecionadas preferencialmente pessoas inseridas em programas de desenvolvimento socioeconômico, acordados entre o Brasil e seus países de origem. Os acordos determinam a adoção pelo aluno do compromisso de regressar ao seu país e contribuir com a área na qual se graduou.

Países que participam do PEC-G:

Argentina, Barbados, Bolívia, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Equador, Guatemala, Guiana, Haiti, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Suriname, Trinidad e Tobago, Uruguai, Venezuela, Angola, Benim, Botsuana, Cabo Verde, Camarões, Congo, Costa do Marfim, Gabão, Gana, Guiné-Bissau, Lesoto, Mali, Marrocos, Mauritânia, Moçambique, Namíbia, Nigéria, Quênia, República Democrática do Congo, São Tomé e Príncipe, Senegal, Tanzânia, Togo, Tunísia, Zâmbia e Zimbábue.

Como se candidatar:

Para se candidatar, os interessados devem procurar a embaixada ou consulado brasileiro mais próximo em seu país de origem, onde terão informações sobre os procedimentos necessários para sua candidatura.

Saiba mais sobre o PEC-G:

http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=12276&Itemid=530

Documentos:

Os candidatos selecionados para estudar na Metodista de minas pelo PEC-G devem:

  1. Apresentar-se à Assessoria de Relações Internacionais, no campus Liberdade- Telefone: 31 3244-7256,
  2. Apresentar-se ao Registro Acadêmico com a seguinte documentação:
  • Carta da Representação Diplomática Brasileira no Exterior, indicando o aluno para o curso da Metodista para o qual foi selecionado;
  • RNE - Registro Nacional de Estrangeiro (Carteira de Identidade);
  • Passaporte - Visto Temporário IV;
  • Certidão de Nascimento;
  • Declaração de Compromisso e comprovação de capacidade econômica para manter-se no Brasil (moradia, alimentação, despesas pessoais) (*);
  • Histórico Escolar e certificado de conclusão do curso secundário, devidamente legalizado pelo Consulado Brasileiro (*);
  • Quando o aluno vier de país não-lusófono, deverá apresentar o original do Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros - CELPE-Bras, emitido pelo EMC. Este certificado é obrigatório para efetuar a matrícula na universidade para a qual foi selecionado (*).

(*) Estes documentos deverão estar autenticados pelo Consulado Brasileiro e, no caso de alunos provenientes de países não-lusófonos, devidamente traduzidos para o português por tradutor juramentado e autenticados pelo Consulado Brasileiro.

3. Na chegada ao Brasil, a equivalência do Histórico Escolar e do Certificado de Conclusão do Ensino Médio deve ser providenciada na Secretaria da Educação - Supervisão de Ensino - Setor de Vida Escolar - Cid. Administrativa: Rod. Pref. Américo Gianetti, s/n - B.: Serra Verde - B. Horizonte/MG - Prédio Minas /11º Andar
Devem ser apresentados os documentos originais e sua tradução, quando for o caso, ficando depositada uma cópia de cada um. Todos os documentos citados devem ser fotocopiados e autenticados, acompanhados dos originais para conferência.