Você está aqui: Página Inicial / Arquitetura e Urbanismo / Notícias / Egressa do Izabela Hendrix apresenta projeto na Prefeitura de Santa Luzia

Egressa do Izabela Hendrix apresenta projeto na Prefeitura de Santa Luzia

Egressa do Izabela Hendrix apresenta projeto na Prefeitura de Santa Luzia

A Prefeitura de Santa Luzia realizou, no dia 3 de dezembro, uma reunião para apresentação do projeto “Um parque é mais que um parque” desenvolvido pela egressa do curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, Sabrina Venturato, e com supervisão da professora do curso, Regina Xavier. O projeto visa à construção de um parque às margens do Rio das Velhas, incluindo a despoluição das águas.

A construção do parque tem como objetivo promover uma melhoria no visual na cidade e atrair atenção da comunidade para importância da preservação dos recursos hídricos. Participaram da reunião, o presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas, Marcos Vinicius Polignano; a Arquiteta e Urbanista Sabrina Venturato; a diretora da Phytorestore, Lilian Gregori; o Secretário de Meio Ambiente Agricultura e Abastecimento, Geraldo Ramires; além de representantes da Secretária de Meio Ambiente. 

Em entrevista à prefeitura de Santa Luzia, Sabrina Venturato, falou sobre a necessidade de iniciativas como essa para o município. “Quando comecei a desenvolver o projeto no final do curso de graduação, eu percebi quanto o município precisava de uma proposta interessante, não só a ideia de criar espaços para esse convívio de atividades, mas também de conservação para o meio ambiente. O projeto contempla a construção de um parque fluvial, que tem como objetivo preservar o que já existe, recuperar o que está degradado, incluindo a bacia hidrográfica do Rio das Velhas, e criar espaços públicos de convívio, de esporte e lazer em nosso município”, pontuou Sabrina.

A professora do curso de Arquitetura e Urbanismo, do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, Regina Xavier, ressaltou a relevância do projeto e sua importância para a cidade. “O projeto é fundamental, pois Santa Luzia, assim como tantas outras cidades é banhada pelo Rio das Velhas. O problema é que, normalmente, os rios recebem esgotos das cidades, são assoreados e quando chega o período de chuvas eles transbordam criando um grande transtorno para a população. Quando pensamos em parques, trabalhamos com o intuito de evitar coisas ruis para a população e mostrar que se pode ter uma boa relação com os rios. A ideia do parque é recuperar as matas ciliares, evitar erosão e controlar a questão da vazão do rio. Os participantes da reunião gostaram muito do projeto e estão buscando um meio de colocá-lo em prática”, explicou.

O projeto tem como objetivo promover a valorização ambiental do município, demonstrando a preocupação com o Rio das Velhas, que faz parte de Santa Luzia, e recebe esgoto do Rio Arrudas e do Córrego do Onça. Atualmente, o rio apresenta um cenário de esgoto a céu aberto dentro do município.