Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2018 / Izabela Hendrix adere ao Programa Instituição Amiga do Empreendedor

Izabela Hendrix adere ao Programa Instituição Amiga do Empreendedor

Iniciativa proporciona colaboração entre alunos, comunidade e empresários
Izabela Hendrix adere ao Programa Instituição Amiga do Empreendedor

Por meio de disciplinas, projetos e parcerias, o Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix busca desenvolver e ampliar a cultura do empreendedorismo dentro e fora do espaço acadêmico. Mais um passo nesta direção é a adesão ao Programa Instituição Amiga do Empreendedor (IAE) coordenado pelo Ministério da Educação (MEC).

Instituído em setembro do ano passado, o IAE estimula ações de apoio ao desenvolvimento do empreendedorismo pelas Instituições de Ensino Superior, facilita o contato entre empresários e a IES e incentiva a profissionalização de diferentes públicos, ampliando suas habilidades e conhecimentos.

O professor Silas Fernandes Rocha, coordenador das graduações de Administração e Ciências Contábeis, conduziu a iniciativa que beneficiará estudantes de todos os cursos do Izabela, além de auxiliar a comunidade de Belo Horizonte. Diversos serviços serão oferecidos, de forma que sustentem os empreendedores com os conhecimentos necessários para tirar seus projetos do papel.

“Os serviços serão prestados gratuitamente para a comunidade hipossuficiente interna e externa. Desta forma, serão desenvolvidas várias estratégias para atingir os objetivos propostos, tais como: palestras sobre meu primeiro negócio, oficinas em escolas com o projeto de extensão aprendendo a empreender, minicursos sobre Canvas, coaching com foco nas habilidades empreendedoras, consultoria para plano de negócios, orientações de fomentos, dentre outras ações”, enumera o docente.

Com a adesão ao IAE, o Izabela assume o compromisso de difundir o empreendedorismo nos âmbitos de ensino, pesquisa e extensão, construindo essa cultura coletivamente. O Programa ainda viabiliza um aspecto importante aos estudantes: aprendizado prático. Rocha comenta que “os estudantes serão treinados para prestar consultoria para comunidade interna e externa que deseja abrir seu próprio negócio”. Os alunos compartilharão conceitos de legislação, finanças e gestão fundamentais ao empresário com foco na geração de soluções de apoio e promoção do empreendedorismo com serviços de orientação, capacitação e assistência.

Para saber mais sobre o Programa Instituição Amiga do Empreendedor, clique aqui.