Você está aqui: Página Inicial / Notícias / A hora e a vez do empreendedorismo

A hora e a vez do empreendedorismo

Aula Magna do Izabela Hendrix abordou tendências e oportunidades de inovação em negócios
A hora e a vez do empreendedorismo


Diante do cenário de instabilidade econômica que atinge o Brasil atualmente, as soluções criativas nos negócios surgem como solução para enfrentar as dificuldades. Nessa conjuntura, a temática do empreendedorismo se mostra como tendência e pauta diversos espaços da sociedade. E foi para abordar o assunto que o Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix convidou Alessandro Saade, professor e referência na área, para comandar a sua Aula Magna, realizada no último dia 3 de abril, no Teatro Bradesco (Minas Tênis Clube).

Alessandro Saade tem uma sólida carreira como empreendedor e é responsável por criar e orientar diversas empresas e startups nacionais e internacionais. Formado em Administração de Empresas, pós-graduado em Marketing e mestre em Comunicação e Mercados, possui uma série de prêmios e reconhecimentos por sua atuação no mercado e na academia, onde já lecionou em instituições renomadas. “Minha formação é bem eclética e também conta com cursos de especialização bem focados, como o de Inovação na Berkeley University e o de Empreendedorismo na Babson College, ambos nos Estados Unidos. Sempre que necessário, ia buscar um novo conhecimento para atender a uma nova demanda”, conta o palestrante.

A Aula Magna lotou o auditório do Teatro Bradesco e contou com uma breve introdução do Reverendo Antonio Augusto de Souza, coordenador da Pastoral Escolar e Universitária. O conteúdo da palestra de Saade abordou alguns conceitos sobre o que é empreendedorismo. “É a força que leva muitas pessoas a começarem um negócio e a convencerem outras na participação do seu sonho”, define o professor. Na ocasião, o professor também contou sobre um dos projetos que atua, o Empreendedores Compulsivos, iniciativa colaborativa de fomento a novos produtos, serviços e empresas.

“Este é o momento ideal para falar de empreendedorismo”, afirma o professor, que entende que a atual conjuntura econômica do país favorece a inovação e os novos negócios. “É sempre nos momentos de baixa no mercado que as grandes oportunidades aparecem”, complementa.

De acordo com Alessandro Saade, o empreendedorismo é um eixo transversal ao exercício de qualquer profissão na atualidade, seja pelo intraempreendedorismo, onde o funcionário empreende pela empresa sem correr o risco financeiro, ou pelas vias mais convencionais. Diante dessa realidade, se faz cada vez mais necessário dominar o tema para atender às demandas de todas as áreas de atuação. “O empreendedorismo não tem vínculo com uma área do conhecimento, mas sim com uma paixão por este conhecimento”, explica.

Além da Aula Magna, Alessandro Saade também comandou o Workshop Catapulta, realizado no dia 4 de abril, e que proporcionou aos participantes um momento de formação e imersão em empreendedorismo e inovação. Após a realização dos eventos, o professor se mostrou muito satisfeito com os resultados. “Fiquei encantado com o comprometimento e engajamento dos alunos”, reconhece.

Saade também destacou a sua satisfação com a troca de experiências realizada no Izabela Hendrix, fato que considera essencial. “Se o jovem tem perfil empreendedor, fico feliz em compartilhar com ele minha experiência e as cicatrizes dos meus erros”, admite.

Aos alunos e demais participantes que pediram conselhos sobre inovação, novos negócios e assuntos relacionados, o professor deixou uma recomendação. “Como digo sempre, é importante tentar logo, errar pequeno, aprender com os erros e então crescer consistentemente. A cicatrizes funcionam como diplomas. ‘Tenha cicatrizes’ é o meu lema”, orientou.