Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Aluno do Izabela Hendrix é aprovado no programa internacional Machine Learning Fellowship

Aluno do Izabela Hendrix é aprovado no programa internacional Machine Learning Fellowship

Aluno do Izabela Hendrix é aprovado no programa internacional Machine Learning Fellowship

O aluno do curso de Ciência de Dados do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, Túlio Souza, foi aprovado no programa de estágio Machine Learning Fellowship,  na Cidade do Cabo, África do Sul. O programa é patrocinado por empresas como Google, Uber, Facebook, entre outras. Durante os quatro meses de estágio, serão oferecidas mentorias com especialistas do mundo todo, além do trabalho com Deep learn Machine Learning e outras tecnologias.

O aluno destacou o apoio que recebeu do Izabela Hendrix  e de seus professores. “O curso do Izabela foi decisivo para que eu fosse chamado porque é o curso do momento, mesmo que no Brasil não seja muito divulgado. Recebi muito apoio do coordenador Neyson Crepalde que me ajudou na entrevista e com dicas sobre o estágio”, explicou.

O coordenador do curso de Ciência de Dados, professor Neylson Crepalde, explicou sobre a oportunidade de estágio. “Será uma oportunidade única, tanto pelo local quanto pelos professores. O Túlio poderá estudar com as pessoas influentes da área e terá contato com os desenvolvedores de Machine Learning, além da oportunidade de fazer networking com essas pessoas”, explicou.

 O professor comentou ainda sobre como apoio dos profissionais da educação ajuda no desenvolvimento de um estudante. “Sou pós-graduado em Sociologia e trabalho muito com dados da educação. Fiz alguns estudos em algumas áreas específicas do relacionamento e abertura do professor com o aluno e constatei que essa ligação tem um efeito muito forte nos resultados dos estudantes. Nesse sentido, os alunos aprendem tanto do ponto de vista técnico, quanto do ponto de vista de autoconfiança e isso, para quem trabalha com tecnologia, é imprescindível”, finalizou.

O discente Túlio falou sobre a importância da sua aprovação e participação no estágio. “Um programa de estágio dessa magnitude é muito importante porque dá a possibilidade de resolução de problemas reais. Já fiz alguns estágios e trabalhei em outras áreas e isso foi decisivo para minha condição profissional atual e aprovação nesse programa”, comentou.

De acordo com o estudante do Izabela, a sua expectativa é trazer os conhecimentos adquiridos para o Centro Universitário. “Eu espero trabalhar no nível internacional e trazer esse conhecimento que vou absorver fora do país, para os cursos do Izabela Hendrix. Além disso, pretendo promover conexões com mais alunos da Instituição, para que possam participar de programas internacionais como esse“, pontuou.

O estudante passou por um processo seletivo que constituiu em um desafio e uma entrevista em que teve que criar códigos e mostrar suas habilidades.

registrado em: