Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Curso de Fonoaudiologia prestará orientação a professores(as) sobre uso da voz

Curso de Fonoaudiologia prestará orientação a professores(as) sobre uso da voz

por Instituto Metodista Izabela Hendrix — publicado 03/10/2008 08h00, última modificação 15/12/2015 18h16

Rouquidão, cansaço vocal e até mesmo ficar sem voz. Esses são problemas inerentes à profissão do magistério, que têm se agravado ao longo dos anos. Diante desse cenário, o curso de Fonoaudiologia do Centro Universitário Izabela Hendrix está firmando parceria com o SINPRO - Sindicato dos Professores de Minas Gerais, no sentido de prestar orientação fonoaudiológica a esses(as) profissionais.

"Muitas vezes, dicas simples de como fazer o bom uso da voz já contribuem para minimizar em grau elevado as queixas vocais dos professores", explica a coordenadora do curso, professora Lorena Costa e Rosa.

O presidente do Sinpro Minas, professor Gilson Reis, avalia de forma positiva o convênio com o Instituto Izabela Hendrix. Para ele, é importante que os(as) professores(as) tenham conhecimento sobre os cuidados com a voz, para evitar doenças nas cordas vocais. "Precisamos lutar, também, para melhorar as condições de trabalho, aspecto fundamental para a saúde", ressalta.  

Os(as) professores(as) serão atendidos(as) pelos alunos(as) do 6º período e, os casos que necessitarem de terapia, serão encaminhados para tratamento profissional.

Pesquisa
Estudo com professoras da rede municipal de Belo Horizonte mostrou que mais de 60% delas relataram cansaço ao falar e 56% perceberam piora na qualidade da voz ao longo das duas semanas anteriores à pesquisa. Veiculada no periódico científico Cadernos de Saúde Pública da Fiocruz e feita por pesquisadoras da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais, a pesquisa contou com a participação de mais de duas mil professoras do ensino fundamental de 83 escolas.