Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Egressa do Izabela Hendrix é aprovada em Doutorado na UFMG

Egressa do Izabela Hendrix é aprovada em Doutorado na UFMG

Gracielle Bragança é ex-aluna do curso de Ciências Biológicas e integrará conceituado programa de Biologia Vegetal da Universidade Federal de Minas Gerais
Egressa do Izabela Hendrix é aprovada em Doutorado na UFMG


As constantes conquistas de atuais e futuros alunos do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix são o termômetro que comprova sua reconhecida qualidade de ensino. E mais uma vez, os atributos da instituição são reforçados pelo êxito de uma egressa.

Gracielle Bragança foi aluna do curso de Ciências Biológicas no Izabela Hendrix e acaba de ser aprovada no prestigiado programa de Doutorado em Biologia Vegetal da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Reconhecida nacionalmente, a pós-graduação possui conceito 5, em uma escala de 1 a 7, na avaliação da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior‎).

Após concluir Mestrado também na UFMG, Gracielle irá cursar o Doutorado com projeto baseado na análise de como insetos galhadores manipulam tecidos vegetais na formação de novos órgãos, as galhas. Na nova etapa, a pesquisadora vislumbra experiências enriquecedoras em diversos aspectos. “Destaco as oportunidades de crescimento profissional, a continuidade na carreira acadêmica, os novos desafios que serão impostos e as diversas maneiras de superá-los”, afirmou.

Além do foco e da disciplina em seus estudos, a base curricular obtida durante a graduação foi considerada de suma importância para a conquista da egressa. “No Izabela Hendrix, a Gracielle teve o seu primeiro contato com a Biologia Vegetal, participou do projeto de extensão Hortas Urbanas e desenvolveu seu TCC na área da Botânica”, explicou Danielle Péres Marciano, coordenadora do curso de Ciências Biológicas no Izabela Hendrix.

Sobre seu período como graduanda, a estudante ressaltou as contribuições do Izabela Hendrix em sua formação teórica e também no caráter prático proporcionado pelos projetos de extensão. “O convívio com alunos e os profissionais e o acesso aos professores foram fundamentais para minha escolha e caminhada profissional”, acrescentou.