Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Elimine focos do mosquito Aedes Aegypti! Veja as dicas da Casa de Cuidados do Izabela Hendrix

Elimine focos do mosquito Aedes Aegypti! Veja as dicas da Casa de Cuidados do Izabela Hendrix

Além de poder ocasionar a dengue e a febre Chikungunya, o aedes aegypti pode transmitir também o zika vírus!


Aedes aegypti é um mosquito que gosta de viver perto do homem, em regiões urbanas. Para se reproduzir, as fêmeas procuram locais com água parada e limpa para desovar. O ovo, que mede aproximadamente 1 mm de comprimento, é depositado nas paredes internas dos criadouros, próximos à superfície da água. O desenvolvimento do embrião é concluído em 48 horas, em condições favoráveis de umidade e temperatura.

Contudo, do desenvolvimento embrionário à eclosão, os ovos podem resistir a longos períodos, de até 450 dias! Este período varia segundo diversos critérios, como o clima: a resistência é menor em locais mais quentes e secos. Essa capacidade de resistência dos ovos evidencia a necessidade do combate continuado aos criadouros. A infestação por Aedes aegypti é sempre mais intensa no verão, em função da elevação da temperatura e da intensificação de chuvas – fatores que propiciam a reprodução do mosquito.

Uma fêmea do A. aegypti pode dar origem a 1.500 mosquitos durante sua vida, que podem colocar em risco a saúde da população não só porque podem levar a dengue, mas também a febre Chikungunya e o zika vírus, este último podendo causar microcefalia. Assim, todo cuidado é pouco e os esforços devem se concentrar na eliminação de focos do vetor, o que depende, sobretudo, do empenho a população. Assim, faça sua parte!

Além disso, proteja-se. O uso de calça comprida e meias está indicado, pois o Aedes aegypti pica as pessoas preferencialmente nas pernas e nos pés. Ele tem rejeição à claridade e é atraído pelo calor, por isso tem preferência por tecidos escuros. No entanto, as picadas também podem ocorrer em outras partes do corpo, mesmo que a pessoa esteja protegida por roupas. O uso de repelentes também está indicado inclusive em mulheres grávidas.

Elimine possíveis criadouros do mosquito, para que ele não circule.

Casa de Cuidados do Izabela Hendrix