Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Fundação Carlos Chagas financia pesquisas sobre participação de negros nas ciências

Fundação Carlos Chagas financia pesquisas sobre participação de negros nas ciências

São até quatro bolsas de pesquisa no valor máximo de R$ 30 mil


A Fundação Carlos Chagas, com apoio da Fundação Ford, lançou neste mês um concurso voltado a doutores interessados em pesquisar a temática “Negras e negros na ciência”.

A iniciativa busca identificar a participação ou não de negros no campo da ciência e contribuir para a compreensão dos possíveis mecanismos geradores das desigualdades étnicas e raciais na pós-graduação.

Podem participar pesquisadores doutores vinculados a instituições nacionais de ensino superior, centros de pesquisa e institutos de pesquisas e pesquisadores sem vínculo institucional com experiência comprovada em pesquisas relacionadas à temática. 

As inscrições devem ser realizadas pelo site da Fundação Carlos Chagas  até o dia 31 de março de 2016. Os resultados serão divulgados no dia 2 de maio e as pesquisas serão desenvolvidas de 15 de maio a 15 de novembro de 2016.

Serão concedidas até quatro bolsas de pesquisa no valor máximo de R$ 30 mil. 

Conheça as linhas de apoio:

  • Estudos sobre a presença e a atuação de negros e de negras no quadro docente e discente na graduação e na pós-graduação nas áreas das Ciências Exatas, Biológicas, da Saúde e Tecnológicas.
  • Estudos sobre experiências e boas práticas voltadas para atrair e qualificar jovens do ensino médio e da graduação, visando estimular sua inserção como pesquisadores nas áreas das Ciências Exatas, Biológicas, da Saúde e Tecnológicas.
  • Estudos quantitativos que explorem as bases de dados disponibilizados por instituições de pesquisa (IBGE, INEP, Capes/CNPq, entre outras) no recorte de cor/raça e a inserção nas áreas das Ciências Exatas, Biológicas, da Saúde e Tecnológicas. Ou ainda, produção de dados primários a partir de coleta direta em programas de pós-graduação de instituições de ensino e de pesquisa públicas e privadas.
  • Estudos sobre a participação de negras e negras na história das ciências, por exemplo, relatos biográficos e suas contribuições em espaços institucionalizados de produção do conhecimento científico e tecnológico.

 

Acesse o edital.