Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Izabela Hendrix leva autodesenvolvimento sustentável a pequenos empreendedores

Izabela Hendrix leva autodesenvolvimento sustentável a pequenos empreendedores

por rodrigo.melo publicado 03/08/2017 12h28, última modificação 03/08/2017 13h10
Projeto de extensão Conexão Empresarial oferece orientação voltada a negócios
Izabela Hendrix leva autodesenvolvimento sustentável a pequenos empreendedores

Desde o mês de março deste ano, o Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix mantém uma nova iniciativa para levar o conhecimento produzido pela instituição à população da cidade. Trata-se do projeto de extensão Conexão Empresarial, que proporciona orientação sobre negócios para pequenos empreendedores locais.

O objetivo do projeto é contribuir com microempreendedores individuais (MEIs), organizações não-governamentais (ONGs), artesãos associados da Central Mãos de Minas e outras pequenas iniciativas empreendedoras. Para isso, o Conexão Empresarial promove formações voltadas ao autodesenvolvimento sustentável por meio da prestação de serviços de orientação.

Vinculado aos cursos de Administração e Engenharia de Produção, o projeto oferece orientação presencial ou a distância nas áreas de administração, marketing, vendas, produção, finanças, contabilidade, gestão ambiental, além do desenvolvimento de planos de negócios e estudos de viabilidade. O conteúdo oferecido busca integrar os eixos pedagógicos relacionados a empreendedorismo e inovação, gestão e liderança e responsabilidade social e formação cidadã.

A coordenação do Conexão Empresarial é feita por meio da agência Oriente, que atua para alinhar a iniciativa aos objetivos e diretrizes dos cursos de graduação envolvidos de forma transdisciplinar e às melhores práticas de extensão. “As atividades do projeto são desenvolvidas por alunos, sob a coordenação dos professores, e visam articular o ensino e a pesquisa com as demandas da sociedade, além de buscar o compromisso da comunidade universitária com os interesses e necessidades da sociedade organizada”, conta professora Leila Vaz da Silva, professora responsável pelo Conexão Empresarial.

A docente acredita que a contribuição social tem sido um dos fatores de maior destaque do projeto desde o seu início, uma vez que a proposta é realizar o atendimento aos pequenos empresários e estimular o fortalecimento de habilidades e competências. “O Conexão Empresarial favorece a reformulação do conceito de sala de aula, que deixa de ser o lugar privilegiado para o ato de aprender e passa e ter uma estrutura ágil e dinâmica, caracterizada pela interação recíproca de professores, alunos e sociedade em qualquer espaço e momento, dentro e fora dos muros da universidade”, explica Leila Vaz da Silva.