Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Izabela Hendrix participa da Virada Mineira pelo Fim da Violência

Izabela Hendrix participa da Virada Mineira pelo Fim da Violência

por Raissa Melo Ferreira publicado 04/12/2017 11h57, última modificação 04/12/2017 11h57
Professora Luciana Calado Pena propõe debate sobre desigualdade de gênero

A Secretaria Estadual de Direitos Humanos e a Subsecretaria de Políticas para Mulheres de Minas Gerais lançaram a campanha “Virada Mineira pelo Fim da Violência: nos 16 dias de ativismo, ative sua indignação contra todas as formas de violência e opressão contra as mulheres”. O Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix participa desse período de reflexão com a roda de conversa “Desigualdade de gênero e seus reflexos no mercado de trabalho” no dia 7 de dezembro.

A campanha “16 dias de ativismo” acontece, simultaneamente, em 159 países e tem como marco as datas 25 de novembro, Dia Internacional de Não Violência Contra as Mulheres, e 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos. A campanha teve início em 1991, quando mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (Center for Women’s Global Leadership – CWGL/EUA), a iniciaram. Aqui no Brasil, a 16 dias de ativismo é realizada desde 2003 por meio de ações de mobilização, palestras, debates, eventos e encontros.

A Virada Mineira começou em 20 de novembro e acaba no dia 10 de dezembro, sendo construída por diversas organizações públicas e privadas. A professora Luciana Calado Pena, do curso de Direito, apresentou a proposta de debate que foi aceita pela organização do evento. A docente explica que o objetivo da ação é criar um espaço para, de forma dialética, refletir sobre as questões de gênero, os papéis histórico e socialmente estabelecidos profissionalmente para homens e mulheres.

Data: 7 de dezembro de 2017
Horário: das 19h às 20h30
Local: Multimídia 4
Confira toda a programação da Virada, clicando aqui.