Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Pesquisa de docente do Izabela Hendrix é divulgada na imprensa local

Pesquisa de docente do Izabela Hendrix é divulgada na imprensa local

A pesquisa da professora dos cursos de Engenharia do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix Adilza Dode foi divulgada em recentes publicações da imprensa local. O site do jornal Diário do Comércio e o Jornal Belvedere citaram a professora Adilza para falar sobre os riscos da emissão de radiação causada por antenas de telefonia.

Adilza é professora, cientista e pós-doutora e desenvolveu uma importante pesquisa sobre o perigo das radiações eletromagnéticas emitidas por antenas de celulares. A pesquisa foi relacionada com a desvalorização de imóveis devido à radiação emitida pelas antenas. A reportagem contém dados da tese escrita por Adilza e esclarecimentos sobre a classificação feita pela Organização Mundial da Saúde (OMS) das radiações não ionizantes como possivelmente cancerígenas.

O jornal Diário do Comércio cita a tese de Adilza sobre a emissão de radiação evidenciando o risco de câncer. “A exposição humana e ambiental está mudando devido ao rápido desenvolvimento da tecnologia. A radiação de RF [Radiofrequência] aquece os tecidos, mas a energia é insuficiente para causar ionização, por isso é chamada de radiação não ionizante. Estes níveis de exposição não térmicos resultam em efeitos biológicos em humanos, animais e células, incluindo o aumento do risco de câncer”.

As reportagens foram publicadas na versão impressa do jornal Belvedere e no site do Diário do Comércio, para acessar a matéria on-line clique aqui.