Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Egressa do Izabela Hendrix explora marketing de salões de beleza em artigo científico

Egressa do Izabela Hendrix explora marketing de salões de beleza em artigo científico

Estudo avaliou estratégias de mercado de estabelecimentos de Belo Horizonte
Egressa do Izabela Hendrix explora marketing de salões de beleza em artigo científico

As estratégias de marketing utilizadas pelos salões de beleza das regiões do Centro e da Savassi, na cidade de Belo Horizonte (MG), foram objetos de pesquisa realizada por uma egressa do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix. O intuito do trabalho foi entender quais técnicas são utilizadas para fidelização e retenção de clientes.

O estudo foi conduzido por Glesdiriana Ferreira da Cruz, graduada em Administração em 2016, juntamente com Sandro Patrício Ananias, docente orientador do conteúdo. A apresentação da pesquisa ocorreu em formato de artigo científico e foi publicada na PMKT - Revista Brasileira de Pesquisas de Marketing, Opinião e Mídia, publicação quadrimestral e bilíngue da Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa (ABEP).

Intitulado "Estratégia de retenção e fidelização de clientes em salões de beleza de Belo Horizonte: um estudo comparativo entre clientes-alvo", o artigo foi fruto de pesquisa realizada para elaboração do Trabalho de Conclusão do Curso (TCC) de Glesdiriana Ferreira da Cruz. O texto está disponível na atual edição (volume 10, número 1, de Janeiro/Abril de 2017) da publicação. Clique aqui para acessar o conteúdo completo do estudo.

Contexto e método

O setor de salões de beleza tem crescido consideravelmente nos últimos anos nos bairros Centro e Savassi, em Belo Horizonte. O aumento do número de estabelecimentos trouxe como consequência mais concorrência e competitividade na busca por clientes e melhores serviços.

Para avaliar as estratégias de retenção e fidelização de clientes nesse contexto, a pesquisa se baseou nos principais autores relacionados aos temas de Marketing e Estratégia, além de entrevistas em profundidade com os donos dos locais.

Resultados

As considerações finais do artigo indicam que, em geral, os empreendedores dos estabelecimentos dos dois bairros estudados não empregam os mecanismos de marketing em escala apropriada. “Apesar dos salões utilizarem algumas estratégias adequadas na busca para fidelizar e reter clientes, existe a necessidade de aperfeiçoamento dessas estratégias com o uso de ferramentas de comunicação que possam atingir de forma mais efetiva esse objetivo”, afirma o texto.

Em relação à comparação entre os salões do Centro e da Savassi, foram observadas diferenças em estratégias de retenção e perfil dos clientes. Na Savassi, o público tem maior poder aquisitivo e os estabelecimentos utilizam mais as ferramentas do marketing digital, o que gera melhores resultados. Já no Centro, a clientela se concentra nas classes C e D e as estratégias de fidelização são tímidas e analógicas.

O trabalho orienta os comércios a revisar as atuais práticas e implementá-las com tratamento científico em relação ao marketing de relacionamento com o público, o que inclui a adoção de CRM (banco de dados) para informações sobre clientes e uso de dispositivos tecnológicos para otimizar processos. “Sugere-se que os salões façam mais uso das ferramentas de marketing digital como: Facebook, Twitter, Instagram, WhatsApp e outras que são importantes para divulgar os serviços dos salões de beleza”, diz o artigo, que complementa: “Para promover sua marca e ainda reter e fidelizar seus clientes, os salões estudados devem investir em marketing digital”.