Você está aqui: Página Inicial / Bioinformática / Notícias / Guia do Estudante divulga Curso de Bioinformática do Izabela

Guia do Estudante divulga Curso de Bioinformática do Izabela

Guia do Estudante divulga Curso de Bioinformática do Izabela

O Guia do Estudante da Editora Abril divulgou o curso de Bioinformática do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, que é o primeiro do país. Na notícia publicada no site, o curso é descrito como uma oportunidade de graduação para pessoas que tem afeição tanto para a área de biológicas quanto informática.

A professora e coordenadora do curso de Bioinformática, Fabiana Alves, contou que a publicação e o reconhecimento de uma plataforma importante como essa é uma ótima oportunidade de divulgação do curso. “Isso nos dá uma visibilidade e valorização muito grande, além de poder compartilhar informações sobre a graduação, que é nova no país.”, explica.

Com duração de 5 semestres, o curso superior é oferecido no Campus Liberdade, próximo a Praça da Liberdade. O bioinformata (título do profissional da área) poderá atuar de diversas formas no mercado de trabalho como, por exemplo, na saúde, com o prognóstico de câncer, analisando dados do sequenciamento de DNA e RNA extraídos da biópsia e verifica possíveis alterações genéticas significativas.

Atividades extracurriculares como workshops, congressos e palestras estão previstas na grade curricular da Bioinformática. Além de participação em projetos de pesquisa e a possibilidade de um intercâmbio em instituições parceiras nos Estados Unidos.

 
Disciplinas multi e interdisciplinares ofertadas durante a graduação:
  • Big data, Machine Learning, Deep Learning, Banco de Dados, Business inteligence e programação funcional e orientada a objetos, algoritmo e estrutura de dados. Todos esses conteúdos proporcionam conhecimentos em programação, análise, gerenciamento e tomada de decisões;
  • Bioinformática básica, aplicada à biotecnologia, saúde e meio ambiente. Essas matérias permitem a transposição dos processos biológicos à bioinformática. São teórico-práticas e baseadas em estudos de casos, bancos de dados e softwares. O objetivo é compreender a aplicabilidade da bioinformática nos processos das biociências;
  • Neuro robótica. Discussão teórico-prática desde conhecimentos básicos celulares e anatômicos à geração de trajetórias, modelagem, simulação e controle de manipuladores robóticos;
  • Fundamentos em biologia molecular e aplicações biotecnológicas;
  • Modelagem de sistemas de biomoléculas;
  • Projetos integradores, que têm o objetivo de associar os conhecimentos desenvolvidos nas disciplinas em um produto final, além de desenvolver habilidades de comunicação oral e escrita na resolução de problemas do mercado de trabalho;
  • Inovações tecnológicas e patentes, gestão de marketing, governança e ética de dados e gestão de projetos. Para preparar os alunos para empreender e inovar no mercado de trabalho.

    Áreas de atuação do bioinformata:
  • Aquisição, gerenciamento, análise e prognóstico de dados médicos e biológicos (dados ou medidas coletados a partir de fontes biológicas como DNA, RNA, proteínas e enzimas)
  • Realizar consultorias (assessoria para definição e utilização de ferramentas de bioinformática e projetos) e programação (desenvolvimento de sistemas e scripts).
  • Trabalha em hospitais, clínicas, indústrias (farmacêutica, agropecuária, petroquímica etc) e laboratórios (biotecnologia, microbiologia, análises clínicas e de imagens), em aplicações em diversas áreas, como saúde, meio ambiente e agropecuária.
registrado em: