Você está aqui: Página Inicial / ARI / Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes

por Luan Fillipy Matias Correia publicado 22/08/2017 11h50, última modificação 22/08/2017 11h50

1) Por que é importante participar de um programa de intercâmbio pelo Instituto Metodista Izabela Hendrix?
O aluno irá conhecer uma nova cultura e seus costumes; desenvolverá habilidades profissionais em outro país; aprenderá outro idioma; terá possibilidades de fazer novas amizades com pessoas de diferentes partes do mundo; terá muitas experiências de vida e irá adquirir conhecimentos profissionais e acadêmicos no país estrangeiro.

2) Como posso saber se o meu curso tem algum convênio para intercâmbio?
Você deve verificar no site da universidade parceira se ela tem o seu curso ou um curso correlato ao seu e conversar com a Assessoria de Relações Internacionais.

3) É possível aproveitar os créditos estudados na instituição estrangeira?
Isso vai depender do coordenador do seu curso no Izabela Hendrix. No momento de inscrição no programa de intercâmbio, o aluno escolhe as disciplinas que ele tem interesse em cursar na universidade estrangeira. Se as disciplinas tiverem equivalência de conteúdos e carga horária de pelo menos 70%, o coordenador do curso poderá autorizar o reconhecimento da disciplina. Somente com a avaliação e autorização do coordenador do curso, serão aceitos os créditos estudados no exterior.

4) Quais os requisitos para participar do programa de intercâmbio?
Estar regularmente matriculado no Izabela Hendrix e ter cursado pelo menos dois semestres letivos; realizar inscrição e apresentar todos os documentos exigidos no edital vigente.

5) Quanto tempo o estudante pode passar na universidade estrangeira?
De seis meses a um ano.

6)Se eu for aprovado para o programa, tenho que pagar as mensalidades do semestre no período em que eu estiver cursando fora?
Não. Neste período você pagará as renovações de matrícula, ou seja, as mensalidades de janeiro e julho. As demais mensalidades não precisam ser pagas tanto aqui no Brasil quanto no país de destino.

7) Como fico sabendo sobre a abertura do edital?
Por meio dos comunicados enviados pelos professores, no portal do aluno e no portal do Izabela Hendrix.

8) Onde busco o formulário de inscrição e o formulário do plano de estudos dos programas de intercâmbio?
No período de inscrições, você pode acessar o site izabelahendrix.edu.br/ari e na página principal haverá um link com informações sobre o programa, edital e os formulários de inscrição.

9) Como saberei se fui selecionado?
Após encerrado o período de inscrições, a Assessoria de Relações Internacionais começará a entrar em contato com os alunos selecionados dentro do período indicado no edital para entrevista e mais informações.

10) Se eu for selecionado, como devo me preparar para a viagem?
O aluno selecionado receberá os acompanhamentos necessários pela equipe da Assessoria de Relações Internacionais, que orientará o preenchimento de documentos, informando quando contatar a coordenação do curso e tirar as dúvidas dos alunos quanto prazos e processos.

11) Após chegar à universidade de destino, posso mudar meu plano de estudos?
Sim, pois pode acontecer da universidade de destino não conseguir oferecer no semestre a disciplina escolhida pelo aluno. Neste caso, o aluno poderá verificar juntamente com o coordenador do curso (no Brasil) outra disciplina para substituir aquela não oferecida.

12) Como posso fazer a reserva de hospedagem nos locais indicados pela instituição de destino? 
O contato e a reserva devem ser feitos diretamente com os alojamentos, via e-mail.

13) Ter preenchido a ficha de alojamento dentro da universidade garante a minha hospedagem?
Não. É necessário verificar com a instituição a disponibilidade de vagas no alojamento.

14) Como vou saber em qual local vou me hospedar?
A maioria das instituição de destino irá lhe enviar informações sobre possíveis alojamentos, mas caso não receba, você mesmo deve buscar alojamentos ou hospedagens.

15) Como são as hospedagens?
Nós não conhecemos. A instituição receptora indica alojamentos. O aluno deverá entrar em contato diretamente com o local indicado para tirar suas dúvidas.

16) Posso trocar de alojamento, caso eu não goste do que escolhi?
Sim. No entanto, é necessário ficar atento ao tipo de contrato que irá firmar com seu alojamento

17) Vale a pena dividir apartamentos?
Economicamente, sim. É importante ter em mente que seu aprendizado depende única e exclusivamente de você. Não se deixar influenciar pelas companhias e focar em seus estudos para obter o máximo de aproveitamento faz parte do processo de amadurecimento e ganho de responsabilidade.

18) Qual a melhor forma de moradia? Preciso fechar essa questão agora ou posso me hospedar num hotel no início para decidir depois que estiver lá?
Se a instituição sugerir algum local, indicamos que você feche desde o Brasil, mesmo que por um período pequeno, para que possa mudar depois caso não goste. Se desejar ficar em hotel no início, procure outro lugar para visitar e se hospedar.

19) Qual o custo de vida da cidade em que estarei?
Em Portugal e nas cidades latino-americanas, estimamos um custo de vida equiparado ao Brasil (R$1000,00/mês). Para a Espanha, estimamos um valor 30% maior do que é gasto no Brasil (R$1300,00/mês). Lembrando que esses são valores estimados. Você deverá adequar seu estilo de vida ao valor que você terá disponível para o período. Sugerimos que você siga as indicações que a universidade lhe enviar. No caso de bolsistas, é necessário levar comprovantes de bolsa, de alojamento e de seguro saúde.

20) Quando começam as aulas?
Você deverá verificar essa informação no site da universidade de destino ou por e-mail para a pessoa que entrou em contato com você.

21) Posso trabalhar enquanto estiver fora?
Não. O visto de estudante que será concedido a você não permite que você trabalhe mesmo que estagiando, formal ou informalmente, voluntario ou não. Caso desrespeite essa informação, você será considerado ilegal no país.

22) Terei contato com intercambistas de outros países?
Sim, provavelmente.

23) Como devo proceder ao chegar à instituição de destino? Quem será meu contato lá? 
Ao chegar ao país de destino, você deverá se apresentar no Setor de Relações Internacionais da instituição, que será o seu apoio, e solicitar um comprovante de chegada ao país. Após o primeiro contato, a pessoa responsável irá orientar sobre os próximos passos.

24) É necessário trancar matrícula para participar do intercâmbio?
Não, o aluno não tranca matrícula no Izabela Hendrix e permanece como aluno regularmente matriculado tanto aqui como na universidade estrangeira, tendo os mesmos direitos e deveres de qualquer outro aluno. Ocorre que, no Izabela Hendrix, o aluno fica com status de “em intercâmbio” e durante o período de viagem não são cobradas mensalidades nem contabilizadas faltas.

25) Ex-alunos podem participar do intercâmbio?
Para participar do programa de intercâmbio é necessário que o aluno esteja regularmente matriculado.

26) Sou aluno do Izabela Hendrix e pretendo mudar para outro país. É possível transferir meus créditos para outra universidade estrangeira?
Esse não é um processo de intercâmbio, mas sim de mudança de instituição. Todos os procedimentos de transferência e aproveitamento de créditos devem ser submetidos à apreciação da universidade estrangeira, que tem políticas próprias independentes do Izabela Hendrix e vinculadas ao sistema legal do país estrangeiro.