Você está aqui: Página Inicial / Engenharia / Engenharia Ambiental e sanitaria / Notícias / Professora e egressa do Izabela Hendrix são destaque em matéria da Fundação Oswaldo Cruz

Professora e egressa do Izabela Hendrix são destaque em matéria da Fundação Oswaldo Cruz

Professora e egressa do Izabela Hendrix são destaque em matéria da Fundação Oswaldo Cruz
Foto: Reprodução Informe ENSP / Clique para ampliar
A professora dos cursos de Engenharia do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, Adilza Condessa Dode, e a egressa do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária do Izabela, Naiara Martins, tiveram suas pesquisas divulgadas pelo site da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) do Rio de Janeiro.
 
A matéria apresentou a pesquisa realizada por Adilza em sua tese de doutorado no Programa de Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), cujo resultado constatou que mais de 80% das pessoas que morreram de cânceres relacionados à radiação eletromagnética emitida pelos celulares moravam a cerca de 500 metros de distância de alguma antena. O estudo também foi publicado na revista internacional Science of the Total Environment, e a atividade foi coordenada pela médica do Centro de Saúde Escola da Fiocruz, Valéria Lino. 
 
Os estudos da egressa Naiara Martins também foram mencionados na publicação. Em sua pesquisa, Naiara apresentou o diagnóstico ambiental dos campos eletromagnéticos no Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix e sugeriu uma reavaliação da Lei Federal sobre a exposição aos campos eletromagnéticos. Ela ainda alertou para adoção de padrões de exposição humana bem mais restritivos, como já são adotados em diversos outros países e cidades.
 
Clique aqui para ler a matéria na íntegra.
 
Congresso
Em agosto, a professora Adilza Dode e Naiara Ferreira foram convidadas para apresentar suas pesquisas em um evento do Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos da (ENSP CEENSP) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Saiba mais sobre as pesquisas clicando aqui