Você está aqui: Página Inicial / Ciências Contábeis / Extensão

Extensão

por Ebenezer Da Silva Melo Junior publicado 03/03/2016 14h05, última modificação 07/03/2016 18h48

As práticas de extensão estão intimamente relacionadas às práticas de ensino e de pesquisa, conformam uma rede e estão fundamentalmente implicadas com a sociedade, com a economia e com a cultura. A extensão é pensada intrínseca às práticas de ensino, isto é, há uma organicidade estrutural entre as atividades realizadas nas disciplinas teóricas, práticas, tecnológicas e a extensão.

A proposta é uma fusão entre essas experiências dentro das possibilidades e flexibilidades de cada campo. A abordagem de situações-problemas reais como temas a serem desenvolvidos nas disciplinas nos evocam e possibilitam que esses sejam tratados no campo da extensão, posto que nasçam de necessidades da realidade. A ideia é que “sala de aula” e extensão se sobreponham às atividades de pesquisa e constituam um só corpo.

A concepção de extensão universitária associada ao conceito de cidadania é ainda recente no contexto da educação superior brasileira. Esta mudança foi possível a partir do fortalecimento dos setores comprometidos com as classes populares na década de 1980 e com a volta do nosso país à democracia que engendrou uma nova concepção de universidade, possibilitando também a construção de novas práticas de ensino, pesquisa e extensão (SOUZA, 2000).

Esta nova visão de extensão ultrapassa a ideia da transmissão de conhecimento por meio de cursos ou da prestação de serviços e propõe uma relação contínua e integrada com a sociedade, relação esta que possibilita a retroalimentação científica e cultural e humanizadora da academia, que avança na articulação cada vez mais densa e profunda da teoria e da prática profissional, denotando a valorização e intercâmbio dos saberes acadêmico e popular. É esta a concepção de extensão universitária que conduz os trabalhos do CEUNIH.