Você está aqui: Página Inicial / Psicologia / Notícias / Cuidados na primeira infância é tema do segundo dia da Semana da Psicologia

Cuidados na primeira infância é tema do segundo dia da Semana da Psicologia

Cuidados na primeira infância é tema do segundo dia da Semana da Psicologia

No dia 27 de agosto, data da comemoração do Dia do Psicólogo, o Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, realizou a mesa redonda de lançamento do livro “O Bebê o e Laço Social”, mediada pela professora Viviane Alvim. A mesa contou com a participação da enfermeira Juliana Marcatto e das psicólogas Alexandra de Oliveira e Ana Carolina Guerra.

A psicóloga e professora do Izabela, Viviane Alvim, falou sobre a contribuição da temática discutida no evento para a formação dos alunos. “A mesa é importante porque, desde o início do curso, os estudantes encontram a possibilidade de prática clínica com a criança ainda na primeira infância. A oportunidade do aluno trabalhar o assunto durante a graduação contribui para sua formação profissional”, comentou.

O Bebê e o Laço Social

O livro reúne artigos de vários profissionais da psicologia e psicanálise, pensando em práticas que podem ser adotadas no momento em que crianças, na primeira infância (0 a 3 anos), apresentem algum impasse no seu processo de construção psíquica. O livro foi discutido em uma mesa redonda com algumas das profissionais que contribuíram na organização da publicação.

A enfermeira Juliana Marcatto tem como foco de pesquisa o recém-nascido prematuro e, no livro, fala sobre a avaliação e tratamento da dor na infância. “Estudos mostram que uma criança hospitalizada é submetida a procedimentos dolorosos ao longo da internação, isso altera a arquitetura cerebral em aspectos fisiológicos e cognitivos. Esse trabalho na infância faz com que forme adultos mental e emocionalmente saudáveis”, explicou.

Psicologia e psicanálise na primeira infância

A Psicologia e psicanálise na primeira infância é um assunto que aprofunda a abordagem da psicanálise pediátrica, que é estudada da graduação. Uma das autoras do livro, a psicóloga Ana Carolina Guerra, falou sobre a importância do tema para os estudantes do curso. “Acredito que seja importante entender que é possível a intervenção com a primeira infância. Entendemos que a escuta psicanalítica seja significativa para possibilitar uma modificação de comportamentos que caminham para um sofrimento mental. O trabalho é no sentido de observar como está o crescimento e intervir para que flua saudavelmente”, explicou.

A psicóloga e organizadora do livro, Alexandra de Oliveira, falou sobre como é fundamental discutir o tema com os alunos do curso. “É um tema mais voltado para a psicanálise. É importante, principalmente, por ser uma clínica que tem uma teoria pouco aprofundada, já que, geralmente se estuda a clínica com crianças e a clínica com bebês traz mais contribuições para a formação profissional”, explicou.

O livro “O Bebê e o Laço Social” foi organizado por Ângela Vorcaro, Liliane Santos e Alexandra de Oliveira.