Você está aqui: Página Inicial / Ciências Biológicas / Notícias / Preservação ambiental é tema da XXV Jornada Acadêmica de Biologia

Preservação ambiental é tema da XXV Jornada Acadêmica de Biologia

Preservação ambiental é tema da XXV Jornada Acadêmica de Biologia

Entre os dias 23 e 25 de setembro, o curso de Ciências Biológicas do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix realizou a 25° Jornada Acadêmica de Biologia. Este ano o evento foi realizado com o tema “Conservação e Cidadania: parceria que dá certo” e discutiu temas relacionados à preservação de espécies e educação ambiental.

A professora do curso de Ciências Biológicas Ligiane Morais, comentou sobre o objetivo da jornada e a importância do debate com os alunos. “Acredito que seja fundamental a formação de cidadãos agentes para a conservação do meio ambiente e da natureza. O contato dos alunos com as informações científicas possibilita levar para casa e para a vida, o que é essencial para a disseminação do conhecimento. Além de alertar como está o estado de conservação do meio ambiente frente às políticas públicas atuais”, explicou.

Durante os três dias do evento, profissionais, ONGs, criadores e pesquisadores da área ministraram palestras relacionadas ao tema central do evento. O biólogo Ubirajara de Oliveira ministrou, no primeiro dia, uma palestra evidenciando os esforços necessários para a conservação de áreas atingidas e apontou empecilhos para práticas de conservação. “A falta de conhecimento sobre biodiversidade se torna um agravante complicando as estratégias efetivas de proteção ambiental. Esse tema é importante para que os alunos já concluam a graduação com um conhecimento prévio a ser compartilhado”, declarou.

Patrícia Gonçalves, bióloga e analista ambiental, falou sobre preservação da flora nativa explicando as formas de conservação. “Esse assunto é importante por se tratar da vegetação que é um fator principal do conjunto de todos os ecossistemas. As plantas são fundamentais em diversos fatores para a vida e manutenção do ecossistema, como a alimentação da fauna, proteção de mananciais, além de todo potencial socioeconômico para nós seres humanos”, explicou.

O evento fez parte da semana de extensão universitária do Izabela Hendrix.