Você está aqui: Página Inicial / Fisioterapia / Diferenciais do Curso

Diferenciais do Curso

por Ebenezer Da Silva Melo Junior publicado 04/03/2016 13h25, última modificação 11/03/2016 19h45

O curso de Fisioterapia do Izabela Hendrix se propõe a:

  • · Formar profissionais fisioterapeutas generalistas, aptos a atuar em todos os níveis de atenção à saúde, com uma visão ampla e global, fundamentada no respeito aos princípios éticos/bioéticos, morais e culturais do indivíduo e da coletividade.
  • · Desenvolver no aluno e futuro profissional o senso crítico e investigador, que o capacite a conquistar autonomia pessoal e intelectual, necessárias para empreender a contínua formação na sua prática profissional.
  • · Desenvolver no aluno e futuro profissional a habilidade de comunicação, sendo acessível ao outro, capaz de ultrapassar as barreiras culturais, compreender e ser compreendido por diferentes pessoas, grupos ou comunidades.
  • · Habilitar o aluno a avaliar, prescrever, ministrar e supervisionar terapia física, que objetive prevenir, preservar, desenvolver ou restaurar a integridade de órgãos, sistemas ou funções do corpo humano, utilizando-se de meios termoterápicos, hidroterápicos, cinesioterápicos, eletroterápicos e outros meios físico-naturais, nos diversos campos de atuação em que se fizer necessário.
  • · Estimular o raciocínio crítico do aluno de graduação frente à realidade de uma população dotada de toda sua complexidade social, econômica e cultural e que necessita de atenção fisioterapêutica, fazendo-o identificar seus problemas e propor soluções.
  • · Propiciar ao aluno a compreensão do processo de trabalho em saúde, inserindo-o na equipe de trabalho e estimulando sua participação em atividades multiprofissionais.
  • · Capacitar o aluno a desenvolver, executar e acompanhar programas de saúde segundo diretrizes de um planejamento estratégico.
  • · Habilitar o aluno a trabalhar com os indicadores de qualidade de vida, incapacidade, funcionalidade, utilizando-se da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF), proposta pela Organização Mundial de Saúde (OMS).
  • · Desenvolver a habilidade de prestar esclarecimentos, dirimir dúvidas e orientar o indivíduo e seus familiares, na seqüência do processo terapêutico, mantendo a confidencialidade das informações.
  • · Desenvolver atividades de socialização do saber técnico-científico na área, através de aulas, palestras e conferências, além de acompanhar e incorporar inovações tecnológicas, pertinentes à sua vida profissional.
  • · Manter controle e espírito crítico, através do rigor científico, sobre a eficácia dos recursos tecnológicos e terapêuticos, pertinentes à atuação fisioterapêutica, garantindo sua qualidade e segurança.
  • · Desenvolver a habilidade para a produção e o desenvolvimento de pesquisa científica, desde sua elaboração como projeto, sua execução, análise dos dados, e finalmente a elaboração de um texto, seguindo o rigor da ciência.
  • · Preparar o aluno para desempenhar atividades de planejamento, organização e gestão de serviços de saúde públicos ou privados, além de prestar consultoria no âmbito de sua competência profissional.