Você está aqui: Página Inicial / Fisioterapia / Extensão

Extensão

O Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix entende que o processo ensinoaprendizado depende da incorporação prática do aprendizado refletido. Com base nisto, as práticas de extensão funcionam como uma forma de internalizar o conhecimento, para que seja aplicável em alternativas e soluções significativas na formação do fisioterapeuta. As práticas de extensão associadas à pesquisa compreendem um conjunto de ações integradas, interdisciplinares, com implantação de projetos que sejam de significativa importância e tenham alcance social, possibilitando a associação entre o conhecimento teórico, os atos praticados e os componentes do meio onde se inserem.

Além de oferecer um excelente recurso ao processo ensino-aprendizado, os projetos de extensão também têm o objetivo de fortalecer a formação de um profissional capaz de contribuir de forma decisiva na busca de um desenvolvimento baseado na eficiência, eqüidade e sustentabilidade, de forma que a prática profissional também seja um ato político-social consciente, através da geração, intermediação e inter-relação do conhecimento com a comunidade.

As práticas de extensão resultam em uma aprendizagem permanente, desencadeada por uma formação inicial, integralizada com consistência pedagógica rigorosamente adequada ao grau de complexidade científica e responsabilidade de cada uma das atividades desenvolvidas. Portanto, em termos práticos, estas ações se traduzem no estabelecimento de parcerias com as comunidades, órgãos filantrópicos, creches, centros comunitários, empresas, centros esportivos de baixa renda, projetos de esportes adaptados, hospitais de atendimento comunitário, dentre outros.

Podemos destacar projetos relevantes em parcerias com entidades que prestam atendimento aos usuários do SUS. Como exemplo, o projeto “Posso Ajudar”, atualmente “Humanizabela” no qual alunos do 2° ao 4° período, selecionados nos vários cursos da saúde do Centro Universitário, aplicam os conhecimentos acerca da estrutura da rede de atendimento, desenvolvidos em disciplinas de saúde comunitária, numa forma de acolhimento nas redes básicas e hospitalares do sistema. Outros projetos contínuos de extensão e pesquisa são desenvolvidos também através de parcerias técnico-científicas com diversos órgãos que prestam atendimento aos usuários do SUS, visando à promoção à saúde, a prevenção, a valorização das políticas de saúde propostas pelo governo federal e participação da Fisioterapia em todos os níveis atenção.

Projetos de extensão permanentes são realizados também na forma de jornadas/simpósios/palestras/encontros/cursos e semanas científicas, com calendário semestral e/ou anual previamente estabelecido, nos quais são debatidos temas atuais e de relevância à formação ética e técnico-científica do discente/profissional da saúde. Destaca-se, ainda, a jornada acadêmica integrada do CUMIH, agora sob a tutoria do NBC, prevista bienalmente com objetivo de promover a integração entre os cursos de graduação do Izabela Hendrix.

Programas de voluntariado e programas culturais, nos quais o aluno é estimulado a desenvolver ações voluntárias e de responsabilidade social, são viabilizados e estimulados através da validação de horas em atividades complementares. Parcerias firmadas com instituições metodistas nacionais e internacionais viabilizam o intercâmbio cultural, contribuindo para a formação acadêmica e práticas de extensão e pesquisa.

Projetos integrados de extensão e pesquisa, realizados com a participação de diversos cursos do Centro Universitário, fortalecem a formação de um profissional capacitado para o trabalho em equipe. Nesta mesma direção existem os estudos de casos multidisciplinares, que envolvem os acadêmicos dos cursos de Fisioterapia, Enfermagem, Fonoaudiologia, Biomedicina, Educação física e Nutrição.