Você está aqui: Página Inicial / Fonoaudiologia / Notícias / Egressas de Fonoaudiologia são aprovadas em residências de hospitais mineiros

Egressas de Fonoaudiologia são aprovadas em residências de hospitais mineiros

por Raissa Melo Ferreira publicado 14/03/2018 15h03, última modificação 14/03/2018 15h03
Profissionais destacam importância do Izabela na conquista
Egressas de Fonoaudiologia são aprovadas em residências de hospitais mineiros

A dedicação do corpo docente do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix resulta na formação de profissionais altamente capacitados e bem-sucedidos em suas áreas de atuação. Somente nos últimos meses, pelo menos quatro egressas do curso de Fonoaudiologia foram aprovadas em residências de hospitais mineiros.

A professora Lorena Luiza Costa Rosa, coordenadora da graduação, ressalta que esses resultados não são casos isolados. “Todos os anos temos ex-alunos do curso aprovados, não só em concursos para residência em hospitais, como também em concursos públicos de Prefeituras e processos seletivos para mestrado/doutorado na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), entre outras instituições”.

A graduação em Fonoaudiologia completou 28 anos de existência e foi pioneira em Minas Gerais, sendo durante dez anos o único curso da área em todo o estado. “Nossos egressos são reconhecidos no mercado de trabalho, não só pela formação sólida e generalista, mas também pelo caráter humanizado da mesma. Como o enfoque do curso é clínico e as oportunidades de estágio são amplas e variadas, com supervisão 100% presencial, cuidamos muito de perto desta formação ética”, destaca Lorena.

Início de trajetórias de sucesso

“O Odilon Behrens é um hospital de referência na rede do SUS e oferece um dos melhores programas de residência de Minas Gerais, portanto, acredito que a prática de minha profissão neste hospital agregará muito à minha carreira. Estou muito feliz com esta oportunidade, pois, por meio dela, poderei aplicar os conhecimentos adquiridos durante a graduação e aprender conteúdos específicos desta área”, declara Deborah Christiny Abrante Godinho, de 27 anos, que conquistou a única vaga de residência do Hospital.

A profissional pretende se tornar uma referência e já planeja o ingresso em um programa de mestrado para continuar os estudos futuramente. Ela ressalta a importância dos docentes do Izabela para seu ingresso na residência: “O ensino transmitido durante estes quatro anos fez toda diferença para que eu alcançasse o primeiro lugar. Cheguei a brincar com algumas colegas: ‘parecia que nossas professoras tinham elaborado a prova, pois tudo que elas falaram em sala de aula estava na prova!’”.

Ana Cláudia Araújo da Silva, de 27 anos, se formou ano passado e já foi aprovada na residência do Hospital de Contagem. “Felicidade me define, estou me sentindo realizada. Sempre gostei da área infantil, em especial a Maternidade, e minhas expectativas são muito positivas, até mesmo porque é um sonho que estou realizando, almejo essa área desde do 1º período de Faculdade”, relata.

Para ela, a residência é apenas o início de sua carreira e estudos, incentivada em grande parte por professores do Izabela: “Sempre temos aqueles que nos encorajam a acreditar que somos capazes de conquistar o que desejamos. Estou sempre em busca de conhecimento!”.

Fonoaudiologia no Izabela Hendrix

O curso propõe um paradigma educacional no qual docentes e alunos têm uma comunicação interativa e ao desenvolvimento de competências (conhecimentos, habilidades, atitudes e reflexões) capazes de mobilizar recursos cognitivos para solucionar com pertinência e eficácia situações problemas, ligadas a contextos culturais, profissionais e condições sociais.

"O setor de Fonoaudiologia das Clínicas Integradas é muito bem equipado, com instalações amplas e confortáveis, viabilizando estágios em todas as grandes áreas da Fonoaudiologia. A Instituição estabelece também parcerias para realização de estágios extra muros, em hospitais, postos de saúde e em outras unidades de saúde públicas que desenvolvem atividades voltadas para o cuidado materno infantil", complementa a coordenadora do curso.

Saiba mais.

registrado em: ,