Você está aqui: Página Inicial / Teologia / Seminário Teológico comemora os 500 anos da Reforma Protestante

Seminário Teológico comemora os 500 anos da Reforma Protestante

por Bob Villela publicado 14/09/2017 15h50, última modificação 25/09/2017 16h07
Evento foi realizado pelo curso de Teologia em parceria com a Sociedade Bíblica do Brasil

Em outubro de 1517, o monge agostiniano alemão Martinho Lutero marcou a história da humanidade com a divulgação de 95 teses que criticavam a conduta da Igreja Católica à época. O ato desencadeou em fatos que ficaram conhecidos como Reforma Protestante. Na ocasião, Lutero denunciava a deturpação do evangelho e pregava que somente a fé em Deus era capaz de salvar as pessoas.

Para comemorar e aniversário de 500 anos da Reforma Protestante e refletir sobre os acontecimentos que a sucederam, o curso de Teologia do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix realizou o Seminário Teológico. O evento teve como tema “O que a Bíblia fez com Lutero e o que Lutero fez com a Bíblia?”; e contou com o palestrante Vilson Scholz.

Pastor e docente na Universidade Luterana do Brasil, em Canoas (RS), Vilson Scholz tem mestrado e doutorado na área do Novo Testamento, além de desempenhar a função de consultor de tradução da Sociedade Bíblica do Brasil e ser autor da obra Princípios de Interpretação Bíblica (Editora da Ulbra). O palestrante afirmou que a Reforma Protestante foi uma revolução hermenêutica, uma nova forma de ver a Bíblia, que colocou a graça de Deus no centro da Teologia.

Parceria

Realizado anualmente, o Seminário Teológico tem como objetivo promover a reflexão a partir da apresentação de nomes com destaque nacional e internacional. A finalidade é proporcionar ao curso de Teologia do Izabela Hendrix um estudo cada vez mais atualizado. “É uma atividade gratuita e aberta, para que o público possa participar e ter contato com palestrantes importantes de uma determinada área da Teologia, tudo dentro do próprio Izabela Hendrix, sem nenhuma despesa extra”, explica Antônio Carlos Ferrarezi, coordenador da graduação.

A edição de 2017 do seminário foi realizada em parceria com a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), que ofereceu suporte ao Izabela Hendrix na infraestrutura e na escolha do palestrante. “Tivemos todo apoio da SBB, esperamos que esse acordo traga bons frutos nos próximos anos”, comenta Ferrarezi.

Conhecimento e reflexão

Cláudia Danielle de Andrade Ritz, estudante de Teologia, conta que a experiência de participar do seminário foi muito produtiva e que esse tipo de atividade é de extrema relevância para todos os envolvidos. “A temática foi muito oportuna, especialmente por estarmos celebrando os 500 anos da Reforma Protestante. Esse não é apenas um marco de conotação religiosa, é, sobretudo, um marco histórico da humanidade”, esclareceu. “O palestrante apresentou o assunto com muita propriedade e proporcionou reflexões interessantes, em especial, a partir dos diversos questionamentos realizados pelos participantes, fato que favoreceu um diálogo enriquecedor”, complementou.

Para Gibran Leandro Gonçalves, também aluno do curso de Teologia, o evento foi excelente, por permitir o contato com Vilson Scholz, que vive a prática de sua área de estudo e buscou levar as informações sobre os desafios e sucessos do campo teológico. “O conhecimento bíblico do palestrante era impressionante, uma vez que ele está participando da atualização de uma nova tradução da Bíblia pela SBB. Ele nos deu uma boa explicação da importância da tradução feita por Lutero e como isso influenciou para ‘uniformizar’ o idioma alemão em todo país”, revelou.


Confira fotos do evento:  

Seminário Teológico | 500 anos da Reforma Protestante